segunda-feira, 12 de junho de 2017

Acrobacias com Palavras - Lançamento da 14ª edição na Joaquim de Carvalho

Teve lugar, na passada sexta-feira, dia 2 de junho, no Auditório Joaquim de Carvalho, o lançamento da 14ª edição de Acrobacias Com Palavras, relativa aos trabalhos de 2015/2016.
Este projeto dá continuidade à determinação de valorizar a formação integral dos alunos, ao dar voz e ao perpetuar as palavras criativas que os alunos concebem em língua portuguesa. Nesta publicação, a Escola reúne, anualmente, os melhores textos produzidos no âmbito das atividades programáticas das várias disciplinas.
A sessão foi presidida pelo Diretor da Escola, Dr. Carlos Santos, que salientou a qualidade dos textos dos alunos e a qualidade das ilustrações, bem como a importância do projeto na vida da Escola. Esta sessão foi animada por momentos de grande diversidade artística, com a apresentação de alguns textos por alunos. Às palavras das Acrobacias juntaram‑se outras artes, a fotografia, o canto e a dança (claque das Escolíadas), que, com outras acrobacias, as enriqueceram, numa harmonia natural e equilibrada, completando-as com formas, cor e movimento.
Num auditório pleno de alunos, autores e professores e funcionários, a palavra foi a verdadeira acrobata que serviu de mote aos textos escritos, aos ditos e, acima de tudo, servirá de mote a todos os pensamentos que nos devem guiar no dia a dia.
























quarta-feira, 31 de maio de 2017

Alunos da Guarda fazem bodyboard nas ondas da Figueira


Centro de Formação Desportiva recebe Escola Secundária da Sé

 

No dia 29 de maio, 19 alunos e 3 professores da Escola Secundária da Sé, da Guarda, deslocaram-se à praia de S. Pedro para realizar um treino de bodyboard, no âmbito das atividades do Centro de Formação Desportiva de Surf/ Bodyboard da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho.
Num dia de condições favoráveis para a prática de desportos de água, com temperaturas amenas, sol pouco intenso e boas ondas, estes alunos da Beira Alta puderam viver um dia diferente e contactar com a natureza marítima e as suas inúmeras potencialidades, sempre à disposição dos jovens figueirenses. Para alguns alunos tratou-se do seu batismo de mar.
Para a prática desta modalidade, contaram com o apoio dos docentes de Educação Física da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho e o material e instalações da Associação de Bodyboard Foz do Mondego, clube parceiro do Centro de Formação Desportiva.

Este ano letivo, já passaram pelo centro cerca de 800 alunos de todas as Escolas do concelho. Ainda esta semana também uma escola de Mortágua virá com os seus alunos realizar uma experiência no Centro de Formação Desportiva de Bodyboard.

Escolíadas – Joaquim de Carvalho Vence Final em Aveiro


Estará na Finalíssima em Viseu dia 3 de junho

Realizou-se no dia 28 de maio, em Aveiro, a Final do concurso interescolas Escolíadas, disputada entre as escolas Secundária da Mealhada, Secundária D. Dinis e Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, de que saiu vencedora a Joaquim de Carvalho.
Esta é a 28ª edição do concurso (Escolíadas 2017), e, enquanto uma das três escolas vencedoras da Final, irá agora disputar em Viseu a Finalíssima com as escolas Escola Dr. Jaime Magalhães de Lima de Esgueira e o Colégio de Albergaria.
Fruto de uma forte determinação e de um trabalho diário de empenho e dedicação, a Prof.ª Manuela Amorim, que se disponibilizou para abraçar e liderar este projeto, soube entusiasmar uma equipa constituída por 22 elementos (dois professores e vinte alunos do ensino secundário) e uma claque de cerca de 30 elementos (alunos do terceiro ciclo e secundário), capaz de montar uma coreografia dinâmica.
Sob o tema “ Anos 80”, o tempo da Guerra Fria e da queda do muro de Berlim; dos princípios da informática; dos ícones áureos da música como Michael Jackson e Madonna ou Xutos & Pontapés e GNR; de personalidades como Madre Teresa de Calcutá ou o Papa João Paulo II; de filmes eternos como ET ou Os Salteadores da Arca Perdida. A atualidade do tema justifica-se, no século XXI, porque vivemos um período em que, simultaneamente, ouvimos voltar a falar de erigir muros para separar e não mais unir e contemplamos a beleza dos muros de Vhils. Quisemos questionar se, no século XXI, estaremos destinados a ser os arquitetos dos grandes muros ou se seremos capazes de reinventar novas pontes e novas alianças. O desafio deixado foi o de que só refletindo sobre o passado, podemos perspetivar o futuro que se começa a construir hoje. Foi este o tema que subordinou todas as provas, o teatro, a música, as artes e a claque.

Concluída esta segunda etapa, estaremos no sábado, 3 de junho, na Finalíssima, em Viseu, ainda mais animados e com mais determinação.

Alunos da escola no XIII Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos




No dia 24 de Março decorreu o XIII Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos no Pavilhão Multiusos de Guimarães, com cerca de 1500 participantes.
Despertar o gosto pela Matemática desenvolvendo a rapidez de raciocínio e a capacidade de criar estratégias, é o objectivo principal destes Jogos.
Neste evento participaram, em representação da Escola:
No 3º ciclo: Diana Simões, Filipe Gomes e Isabel Sousa do 9ºC, que concorreram nos jogos PRODUTO, AVANÇO e RASTROS, tendo a aluna Isabel Sousa alcançado o 10º lugar nacional.
No ensino secundário: André Ladeiro do 10ºA, Diogo Belchior do 11ºF e Gonçalo Silva do 10ºA, que concorreram nos jogos FLUME, AVANÇO e PRODUTO.

Parabéns aos concorrentes!

DESPORTO ESCOLAR - BASQUETEBOL FEMININO



Nos dias 19, 20 e 21 de maio, as alunas Ana Beatriz Ferrão (11ºC), Catarina Araújo (9ºE), Beatriz Barbosa (10ºB), Inês Sebastião (12ºE) e Patrícia Macedo (12ºD), ao abrigo de um protocolo existente entre o Agrupamento de Escolas Figueira Norte e a Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, sagraram-se vice-campeãs nacionais do desporto escolar, na modalidade de basquetebol, escalão juvenil. 

Muitos Parabéns!

Joaquim de Carvalho nas Conferências do Estoril



No dia 29 de maio, 62 alunos da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho deslocaram-se até ao Centro de Congressos do Estoril, em Cascais, para assistirem à 5ª edição das Conferências do Estoril, cujo tema geral é Migrações Globais: Leaving Home in a Globalized World.
As Conferências do Estoril, já 5ª edição, a decorrer de 29 a 31 de maio, são um palco de debate entre os maiores pensadores de todo o mundo, centrado nos problemas inerentes à globalização. São organizadas pelo Estoril Institute for Global Dialogue, com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, e contam com o Alto Patrocínio da Presidência da República Portuguesa. Para Amish Laxmidas, representante da Juventude das CE 2017, “a Cimeira da Juventude é um palco para todos os jovens em que a sua opinião conta”.
A organização deste evento convidou a Escola, por meio de dois embaixadores da mesma, ex-alunos da Escola (Manuel Santos e David Monteiro), a estar presente com alunos entre os 16 e os 19 anos. Para a sua seleção, a Escola definiu como o critério as melhores classificações a Filosofia no 10º ano.
O dia 29 de maio foi o dia da juventude e os alunos tiveram a possibilidade de ouvir os principais oradores, Rajendra Pachauri (Nobel da Paz 2007, em nome do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC), do qual era presidente) e Fareeda Khalaf (autora do livro The Girl Who Beat ISIS, vítima de limpeza étnica e escravidão sexual).
Conquistar a força da juventude para o combate a todas as práticas que ponham em causa o futuro do Planeta foi o desafio lançado pelo Nóbel da Paz Rajendra Pachauri, do palco das Conferências do Estoril para todo o mundo. Percursor de um novo movimento para a juventude, o “movimento pop”, Pachauri pediu que os mais de mil jovens presentes assumissem o compromisso de influenciar os líderes do mundo.
A “Rapariga que venceu o ISIS” fez um relato dramático sobre o seu calvário no cativeiro às mãos dos jiadistas do autoproclamado Estado Islâmico (ISIS) no norte do Iraque e emocionou a planeia. Há três anos, Fareeda viu a sua aldeia ser atacada pelo Estado Islâmico, viu o seu pai e o irmão serem mortos, foi sequestrada e usada como escrava sexual. Fareeda Khalaf contou, em lágrimas, a sua história, depois da vila onde morava ter sido ocupada pelos militantes do EI. Contou ainda as atrocidades que os militantes extremistas cometeram contra a população Yazidi local. A jovem relatou como ela e centenas de outras mulheres e crianças Yazidis foram vítimas de violência física e escravidão sexual às mãos dos militantes do ISIS.
No Estoril, fez questão de lembrar que ainda há mais de três mil mulheres Yazidis em cativeiro. “Como conseguiu ser tão forte?”, perguntou uma jovem que assistia ao seu depoimento.  “Antes do ISIS controlar a minha vila, o meu pai dizia-me sempre para ser forte. E era dessas palavras que me lembrava, no cativeiro, quando via crianças a serem espancadas e violadas”.
Da conferência saiu a proposta de criação de um "Passaporte de Segurança Global" para salvar vidas de refugiados.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Alunos da Escola em 4º lugar no "dar@língua"




No passado dia 9 de maio, os alunos Isabel Sousa, do 9ºC e Ricardo Antunes, do 9ºD, participaram na competição "dar@língua", em Aveiro, tendo tendo ficado em 4º lugar.

Muitos parabéns!

Equamat e MAT12


Nos dias 9 e 10 de maio, 62 alunos, 30 do 3º ciclo e 32 do secundário, deslocaram-se à Universidade de Aveiro, a fim de participar nas provas Equamat e Mat12, inseridas nas Competições Nacionais de Ciência, promovidas pela Universidade.
A forma entusiástica como participaram nas provas, bem como os bons resultados alcançados, mostram bem a importância de iniciativas como esta na promoção do gosto pela matemática e da ciência em geral.
Na competição deste ano a escola alcançou, a nível nacional, o 39º lugar na prova Equamat e o 5º lugar na prova MAT12.

Parabéns aos participantes!!


Xavier Rato Campeão Nacional nos 100 Metros de Atletismo


Milhares de atletas participaram no Campeonato Nacional de Desporto Escolar 2017, que decorreu, nos passados dias 19, 20 e 21 de maio, nas cidades anfitriãs, Gondomar, Maia e Matosinhos. Os atletas presentes, oriundos de várias escolas do território nacional, competiram em 17 modalidades.
Da responsabilidade do Ministério da Educação, este evento constitui o ponto de chegada de um ano de trabalho e competições desenvolvidos em todas as escolas nacionais, no âmbito de 17 modalidades do Desporto Escolar.
Na comitiva da zona centro, a Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho fez‑se representar pelos alunos Xavier Rato (atletismo - 100 m.), Margarida Torres e Tomás Silva (surf / bodyboard), Diogo Costa, Diogo Luís, Gonçalo Ferreira e Rodrigo Lopes (basquetebol 3x3 masculino), Catarina Araújo, Esmeralda Santos, Constança Pereira e Mafalda Mateus (basquetebol 3x3 feminino).
No final, o Xavier Rato alcançou o primeiro lugar, consagrando-se campeão nacional de 100 m. de atletismo, com a marca de 10,83 segundos, indo agora disputar, em junho, os mundiais do Desporto Escolar em Nancy, França.
No basquetebol, as representantes da equipa feminina, alcançaram o 2º lugar nacional.

Parabéns a todos! Viva o desporto, por todo o trabalho, dedicação, esforço e conduta evidenciados.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Alunos da Escola recebem Prémio Literário Cristina Torres - 26ª edição

Este ano letivo, foram vários os alunos da nossa escola contemplados com o Prémio Literário Cristina Torres. Assim, no Escalão D, o 1º prémio, na modalidade Poesia, foi atribuído ao aluno  José Maria Batista Bessone do Couto, do 10º D, com o soneto “A Terra é uma gigantesca muralha”; o 2º prémio, igualmente em Poesia, coube à aluna Ana Rita Ribeiro Costa Medina, do 10º F com o texto “Com balde cor de rosa e areia molhada”;  o  3º prémio, na modalidade Prosa, foi para a aluna  Beatriz Coutinho, do 11º E, com “Naquele castelo... Chegaram as férias da Páscoa...” .
Finalmente, o aluno  Ricardo Carreira, também do 11º E, recebeu  uma menção honrosa na prova de Prosa com o texto“Naquele castelo. Não penso que o ser humano ...”.
Estes prémios demonstram o gosto dos alunos pela escrita, o que muito nos apraz. Parabéns a todos!

              Soneto Vencedor do 1º Prémio
A Terra é uma gigantesca muralha.
Dentro há um castelo com um fosso à volta,
Dele a fraternidade não se solta:
Quer antes cobrir-se c’ uma mortalha.

Naquele castelo, o engenho nos valha
P’ra levar uma vida desenvolta!,
De contrário aguarda-nos escolta
P’ra nos levar á sua horrenda fornalha...

Contudo, o Homem não pode esquecer
De Apolo e Euterpe a grande beleza,
Que é cantarem-lhe a felicidade!

Mas, por enquanto, para quê viver
Se na Torre maior da Fortaleza
Jaz, oprimida e triste, a Liberdade?

 José Maria Batista Bessone do Couto

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Missão Power Up

    
    A nossa escola participou no projeto Power Up, um projeto educativo da Galp, sobre a eficiência no consumo de energia, inserido na sua política de responsabilidade social com o apoio do Ministério da Educação.
    Direcionado para os alunos dos 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico, o projeto aborda a eficiência energética, passando pelas temáticas das fontes de energia, mobilidade sustentável e pegada energética.

    Integrados nesta missão participaram 2 equipas de 4 alunos do 7º Ano que deram uma aula a alunos do 1º Ciclo sobre a energia e como poupá-la.
Os alunos envolvidos nesta experiência consideram ter a mesma sido extremamente gratificante na medida em que ,ao prepararem a aula para os mais novos, aprenderam imenso sobre o tema.




















Ema Caldeira,7ºA
Filipa Miranda,7ºA 

Alunos da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho nos Nacionais do Desporto Escolar

Vários alunos da nossa escola obtiveram lugar nos nacionais do Desporto Escolar, nas competições de Basquetebol, BodyBoard e Atletismo. 
Na competição de Basquetebol (campeonato 3x3 - Infantil B), que se realizará amanhã, dia 18, em Gondomar, obtiveram lugar quatro alunos: Diogo Costa, do 7ºD e Diogo Luís, Gonçalo Ferreira e Rodrigo Lopes, do 7ºE.  No escalão de infantil feminino, seis alunas irão participar nas competições, também em Gondomar, nos dias 19, 20 e 21: Beatriz Barbosa, do 10ºB, Catarina Araújo, do 9ºE, Ana Ferrão, do 11ºC, Ana Rita Reis, do 12ºD e Patrícia Macedo e Inês Sebastião, ambas do 12ºE.
Na competição de BodyBoard, que se realizará em Matosinhos, nos dias 19, 20 e 21, obtiveram lugar dois alunos: Margarida Pena, do 12ºF e Tomás Silva, do 12ºE, no escalão de juvenis.
Já no Atletismo, cujas competições terão lugar na Maia, nos dias 19, 20 e 21, contamos com a participação do aluno  Xavier Rato, do 12ºG.
O Sinal deseja boa sorte a todos!






     
Maria Moço, 7ºE

Escolíadas 2017 – Joaquim de Carvalho passa à Final

A Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, estando a participar na 28ª edição do concurso interescolas Escolíadas 2017, foi uma das três escolas vencedoras da fase de apuramento, realizada entre 7 escolas do distrito de Coimbra, na passada sexta-feira, dia 12 de maio, no CAE.
Fruto de uma forte determinação e de um trabalho diário de empenho e dedicação, a Prof.ª Manuela Amorim, que se disponibilizou para abraçar e liderar este projeto, soube entusiasmar uma equipa constituída por 22 elementos (dois professores e vinte alunos do ensino secundário) e uma claque de cerca de 30 elementos (alunos do terceiro ciclo e secundário), capaz de montar uma coreografia dinâmica.
Sob o tema “ Anos 80”, o tempo da Guerra Fria e da queda do muro de Berlim; dos princípios da informática; dos ícones áureos da música como Michael Jackson e Madonna ou Xutos & Pontapés e GNR; de personalidades como Madre Teresa de Calcutá ou o Papa João Paulo II; de filmes eternos como ET ou Os Salteadores da Arca Perdida. A atualidade do tema justifica-se, no século XXI, porque vivemos um período em que, simultaneamente, ouvimos voltar a falar de erigir muros para separar e não mais unir e contemplamos a beleza dos muros de Vhils. Quisemos questionar se, no século XXI, estaremos destinados a ser os arquitetos dos grandes muros ou se seremos capazes de reinventar novas pontes e novas alianças. O desafio deixado foi o de que só refletindo sobre o passado, podemos perspetivar o futuro que se começa a construir hoje. Foi este o tema que subordinou todas as provas, o teatro, a música, a de artes e a claque.

Concluída a primeira etapa, a Escola estará na final, no dia 28 de maio, em Aveiro, ainda mais animada e com mais determinação.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

De Volta aos Clássicos na Joaquim de Carvalho


Na sexta-feira, 28 de abril, a Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho realizou uma atividade interdepartamental com o título: “De Volta aos Clássicos”. Esta iniciativa visou recriar a antiguidade clássica, com um olhar interdisciplinar, promovendo várias atividades a realizar em diferentes espaços da Escola e da cidade, das quais se destacaram: Olimpíadas, Percurso dos Sábios, Banquete Romano, entre outras. Esta atividade também pretendeu estreitar os laços da Escola com a Comunidade Educativa. 
Por outro lado, pretendeu-se que esta atividade se constituísse como um complemento de aprendizagens curriculares, bem como fosse geradora de novas aprendizagens.



A manhã teve início com o acender do facho olímpico, pelo Diretor da Escola, Dr. Carlos Santos, na Praça da Europa, de onde partiu para, em estafeta, percorrer a cidade, passando por diferentes mãos de alunos trajados a rigor como cidadãos atenienses. Chegados à Escola, foi acesa a pira olímpica, dando início à recriação das Olimpíadas Gregas. 



Foram disputados jogos de luta, corrida de “quadrigas”, salto em comprimento, lançamento do dardo e velocidade. Ainda de manhã, os alunos participaram no concurso “À procura do retângulo de ouro” – concurso de conhecimentos de Matemática.


À tarde, a cidade viu “gregos e romanos” a participarem no “Percurso dos Sábios” – prova de orientação e conhecimentos de Ciências Naturais e Física e Química.






Pelas 19 horas, deu-se início ao “Banquete Romano”, que após vários apontamentos culturais - música, recitação e teatro - apresentou uma degustação de pratos tipicamente romanos, regados com o néctar dos deuses e outros momentos culturais, entre os quais um desfile de deuses do panteão romano.

Durante todo o dia, a Escola viveu o mundo clássico por meio de outras atividades permanentes, em diversos locais da instituição, destacando-se uma exposição de trabalhos de Artes (pintura, escultura e gravura), projeção de filmes e mostra bibliográfica na biblioteca escolar.





Fase Distrital do Concurso Nacional de Leitura


Decorreu no dia 27 de abril, em Oliveira do Hospital, a fase distrital do Concurso Nacional de Leitura. Os alunos apurados em janeiro, foram acompanhados pela professora bibliotecária, Júlia Seiça, e pela professora Ana Caetano.
Após uma primeira eliminatória escrita, composta por perguntas de escolha múltipla  e elaboração de um texto escrito sobre as obras lidas, o aluno Gonçalo Matos, do 10ºD, ficou apurado para uma segunda prova, desta vez de oralidade, que incluiu a leitura de um poema e o comentário a uma afirmação dada. 

De salientar a participação bastante positiva e o entusiasmo demonstrado pelos nossos alunos que tão bem representaram a nossa escola.






                                                                                                                 Maria Moço, 7ºE

Joaquim de Carvalho vence Regional de Basquetebol 3x3


No dia 2 de maio, 22 alunos da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho participaram na Fase Regional de Basquetebol 3x3, na Escola Secundária D. Maria, em Coimbra. Os alunos Diogo Costa (7ºD), Diogo Luís, Gonçalo Ferreira e Rodrigo Lopes (7ºE) ficaram classificados em 1º lugar, tendo sido apurados para a fase Nacional, a realizar no dia 19 de Maio, em Gondomar. As alunas Catarina Araújo e Esmeralda Santos (9ºE), Constança Pereira (8ºD) e Mafalda Mateus (8ºB), ficaram classificadas em 3º lugar.


Mais um resultado que muito honra a Escola e o Concelho da Figueira.


quarta-feira, 3 de maio de 2017

Alunos da Joaquim de Carvalho realizam exame DELF Scolaire

No dia 3 de maio de 2017, seis alunos da escola Joaquim de Carvalho deslocaram-se à escola Básica e Secundária Quinta das Flores, em Coimbra, para realizar o exame DELF Scolaire (A2).
Estas provas, promovidas pela Alliance Française têm como objetivo promover o gosto pela língua francesa, com a atribuição de diplomas aos alunos. Este exame em particular destina-se aos alunos do oitavo e nono anos.
Os alunos participantes (da esquerda para a direita): Francisca Oliveira, 9º B; Vera Oliveira, 9º C; Bernardo Figueira, 9º C, Filipe Gomes, 9º C; João Afonso Domingues, 9º C, Tiago Gomes, 9º C.



Tiago Gomes, nº 25, 9º C
Carlota Conceição, nº 6, 9º C

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Homenagem a Raul Brandão



CONCURSO LITERÁRIO “Pôr-do-sol@figueira.pt”

Enquadramento e Objetivos
Decorridos 150 anos sobre o nascimento de Raul Brandão, a Biblioteca Escolar e o Departamento de Línguas Clássicas e Românicas decidiram colaborar, promovendo um concurso para os alunos da Escola Secundária Doutor Joaquim de Carvalho.
Este concurso destina-se a premiar trabalhos, numa modalidade mista de escrita e fotografia, fomentando, desta forma, a sensibilidade artística e literária nas camadas jovens e envolvendo alguns setores da comunidade escolar numa atividade cultural.

Modalidade
Cada trabalho a concurso deve ser composto por
- fotografia de um pôr do sol;
- texto-legenda da imagem, escrito em prosa cuidada/literária.

Temática
“Pôr do sol na Figueira” é o tema proposto para este concurso literário-fotográfico.
Destinatários
O concurso destina-se aos alunos da Escola Secundária Doutor Joaquim de Carvalho, distribuídos por dois escalões:
A – Alunos do 7.º ao 9.º anos de escolaridade;
B – Alunos do Ensino Secundário.

Características Técnicas dos Trabalhos
- Cada participante poderá concorrer com um trabalho, o qual deverá ser individual e inédito.
- O texto deverá ser apresentado dactilografado, com espaçamento entre linhas 1,5, tipo de letra Calibri, tamanho 12, não podendo exceder as 50 palavras.
- Cada trabalho deverá ser enviado, em suporte digital, para o seguinte endereço eletrónico: biblioteca@esjcff.pt
- O trabalho a enviar deve ser constituído por:
a) uma pasta designada da seguinte forma: Escalão_tema
(exemplo: A_pôr do sol);
b) dentro da pasta, o ficheiro de imagem (em formato JPEG) e o ficheiro de texto (em formato Microsoft Word), cada um deles designado da seguinte forma: Escalão_nome-apelido do aluno.
(exemplo: A_João Silva).

Data da Entrega dos Trabalhos
Os trabalhos deverão ser entregues até ao final do mês de abril.
Avaliação dos Trabalhos
- Os trabalhos serão avaliados por um júri de três professores, assim constituído:
1 - Professora Bibliotecária;
2 - Coordenadora do Departamento de Línguas Clássicas e Românicas;
3 - outro professor, a designar.
- Das decisões do Júri não haverá recurso.

Prémios
- Para cada escalão haverá um primeiro e um segundo prémio.
- Os prémios serão entregues durante a cerimónia de apresentação da publicação literária “Acrobacias com Palavras – 2017”.