quarta-feira, 24 de maio de 2017

Alunos da Escola em 4º lugar no "dar@língua"




No passado dia 9 de maio, os alunos Isabel Sousa, do 9ºC e Ricardo Antunes, do 9ºD, participaram na competição "dar@língua", em Aveiro, tendo tendo ficado em 4º lugar.

Muitos parabéns!

Equamat e MAT12


Nos dias 9 e 10 de maio, 60 alunos, 30 do 3º ciclo e 32 do secundário, deslocaram-se à Universidade de Aveiro, a fim de participar nas provas Equamat e Mat12, inseridas nas Competições Nacionais de Ciência, promovidas pela Universidade.
A forma entusiástica como participaram nas provas, bem como os bons resultados alcançados, mostram bem a importância de iniciativas como esta na promoção do gosto pela matemática e da ciência em geral.
Na competição deste ano a escola alcançou, a nível nacional, o 39º lugar na prova Equamat e o 5º lugar na prova MAT12.

Parabéns aos participantes!!


Xavier Rato Campeão Nacional nos 100 Metros de Atletismo


Milhares de atletas participaram no Campeonato Nacional de Desporto Escolar 2017, que decorreu, nos passados dias 19, 20 e 21 de maio, nas cidades anfitriãs, Gondomar, Maia e Matosinhos. Os atletas presentes, oriundos de várias escolas do território nacional, competiram em 17 modalidades.
Da responsabilidade do Ministério da Educação, este evento constitui o ponto de chegada de um ano de trabalho e competições desenvolvidos em todas as escolas nacionais, no âmbito de 17 modalidades do Desporto Escolar.
Na comitiva da zona centro, a Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho fez‑se representar pelos alunos Xavier Rato (atletismo - 100 m.), Margarida Torres e Tomás Silva (surf / bodyboard), Diogo Costa, Diogo Luís, Gonçalo Ferreira e Rodrigo Lopes (basquetebol 3x3 masculino), Catarina Araújo, Esmeralda Santos, Constança Pereira e Mafalda Mateus (basquetebol 3x3 feminino).
No final, o Xavier Rato alcançou o primeiro lugar, consagrando-se campeão nacional de 100 m. de atletismo, com a marca de 10,83 segundos, indo agora disputar, em junho, os mundiais do Desporto Escolar em Nancy, França.
No basquetebol, as representantes da equipa feminina, alcançaram o 2º lugar nacional.

Parabéns a todos! Viva o desporto, por todo o trabalho, dedicação, esforço e conduta evidenciados.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Alunos da Escola recebem Prémio Literário Cristina Torres - 26ª edição

Este ano letivo, foram vários os alunos da nossa escola contemplados com o Prémio Literário Cristina Torres. Assim, no Escalão D, o 1º prémio, na modalidade Poesia, foi atribuído ao aluno  José Maria Batista Bessone do Couto, do 10º D, com o soneto “A Terra é uma gigantesca muralha”; o 2º prémio, igualmente em Poesia, coube à aluna Ana Rita Ribeiro Costa Medina, do 10º F com o texto “Com balde cor de rosa e areia molhada”;  o  3º prémio, na modalidade Prosa, foi para a aluna  Beatriz Coutinho, do 11º E, com “Naquele castelo... Chegaram as férias da Páscoa...” .
Finalmente, o aluno  Ricardo Carreira, também do 11º E, recebeu  uma menção honrosa na prova de Prosa com o texto“Naquele castelo. Não penso que o ser humano ...”.
Estes prémios demonstram o gosto dos alunos pela escrita, o que muito nos apraz. Parabéns a todos!

              Soneto Vencedor do 1º Prémio
A Terra é uma gigantesca muralha.
Dentro há um castelo com um fosso à volta,
Dele a fraternidade não se solta:
Quer antes cobrir-se c’ uma mortalha.

Naquele castelo, o engenho nos valha
P’ra levar uma vida desenvolta!,
De contrário aguarda-nos escolta
P’ra nos levar á sua horrenda fornalha...

Contudo, o Homem não pode esquecer
De Apolo e Euterpe a grande beleza,
Que é cantarem-lhe a felicidade!

Mas, por enquanto, para quê viver
Se na Torre maior da Fortaleza
Jaz, oprimida e triste, a Liberdade?

 José Maria Batista Bessone do Couto

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Missão Power Up

    
    A nossa escola participou no projeto Power Up, um projeto educativo da Galp, sobre a eficiência no consumo de energia, inserido na sua política de responsabilidade social com o apoio do Ministério da Educação.
    Direcionado para os alunos dos 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico, o projeto aborda a eficiência energética, passando pelas temáticas das fontes de energia, mobilidade sustentável e pegada energética.

    Integrados nesta missão participaram 2 equipas de 4 alunos do 7º Ano que deram uma aula a alunos do 1º Ciclo sobre a energia e como poupá-la.
Os alunos envolvidos nesta experiência consideram ter a mesma sido extremamente gratificante na medida em que ,ao prepararem a aula para os mais novos, aprenderam imenso sobre o tema.




















Ema Caldeira,7ºA
Filipa Miranda,7ºA 

Alunos da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho nos Nacionais do Desporto Escolar

Vários alunos da nossa escola obtiveram lugar nos nacionais do Desporto Escolar, nas competições de Basquetebol, BodyBoard e Atletismo. 
Na competição de Basquetebol (campeonato 3x3 - Infantil B), que se realizará amanhã, dia 18, em Gondomar, obtiveram lugar quatro alunos: Diogo Costa, do 7ºD e Diogo Luís, Gonçalo Ferreira e Rodrigo Lopes, do 7ºE.  No escalão de infantil feminino, seis alunas irão participar nas competições, também em Gondomar, nos dias 19, 20 e 21: Beatriz Barbosa, do 10ºB, Catarina Araújo, do 9ºE, Ana Ferrão, do 11ºC, Ana Rita Reis, do 12ºD e Patrícia Macedo e Inês Sebastião, ambas do 12ºE.
Na competição de BodyBoard, que se realizará em Matosinhos, nos dias 19, 20 e 21, obtiveram lugar dois alunos: Margarida Pena, do 12ºF e Tomás Silva, do 12ºE, no escalão de juvenis.
Já no Atletismo, cujas competições terão lugar na Maia, nos dias 19, 20 e 21, contamos com a participação do aluno  Xavier Rato, do 12ºG.
O Sinal deseja boa sorte a todos!






     
Maria Moço, 7ºE

Escolíadas 2017 – Joaquim de Carvalho passa à Final

A Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, estando a participar na 28ª edição do concurso interescolas Escolíadas 2017, foi uma das três escolas vencedoras da fase de apuramento, realizada entre 7 escolas do distrito de Coimbra, na passada sexta-feira, dia 12 de maio, no CAE.
Fruto de uma forte determinação e de um trabalho diário de empenho e dedicação, a Prof.ª Manuela Amorim, que se disponibilizou para abraçar e liderar este projeto, soube entusiasmar uma equipa constituída por 22 elementos (dois professores e vinte alunos do ensino secundário) e uma claque de cerca de 30 elementos (alunos do terceiro ciclo e secundário), capaz de montar uma coreografia dinâmica.
Sob o tema “ Anos 80”, o tempo da Guerra Fria e da queda do muro de Berlim; dos princípios da informática; dos ícones áureos da música como Michael Jackson e Madonna ou Xutos & Pontapés e GNR; de personalidades como Madre Teresa de Calcutá ou o Papa João Paulo II; de filmes eternos como ET ou Os Salteadores da Arca Perdida. A atualidade do tema justifica-se, no século XXI, porque vivemos um período em que, simultaneamente, ouvimos voltar a falar de erigir muros para separar e não mais unir e contemplamos a beleza dos muros de Vhils. Quisemos questionar se, no século XXI, estaremos destinados a ser os arquitetos dos grandes muros ou se seremos capazes de reinventar novas pontes e novas alianças. O desafio deixado foi o de que só refletindo sobre o passado, podemos perspetivar o futuro que se começa a construir hoje. Foi este o tema que subordinou todas as provas, o teatro, a música, a de artes e a claque.

Concluída a primeira etapa, a Escola estará na final, no dia 28 de maio, em Aveiro, ainda mais animada e com mais determinação.